Categoria: Friedrich Nietzsche

Ecce Homo. Friedrich Nietzsche

labaredas

Sim, sei de onde venho!

Insatisfeito com a labareda

Ardo para me consumir.

Aquilo em que toco torna-se luz,

Carvão aquilo que abandono:

Sou certamente labareda.

Friedrich Nietzsche

Anúncios

Pretendente à verdade. Nietzsche

tumblr_nrnd40HGG81tazvt7o1_500

Pretendente à verdade? Tu? — escarneciam —

Não! Apenas um poeta!

Um animal, e astuto, rapinante, furtivo,

Que tem de mentir,

Que tem, ciente e voluntariamente, de mentir:

Cobiçando a presa,

Mascarado de várias cores,

Máscara para si próprio,

Para si próprio presa…

Isto, o pretendente à verdade?

Não! Apenas louco! Apenas poeta!

Proferindo só discursos confusos,

Gritando desordenadamente por detrás de máscaras de bobo,

Andando por cima de mentirosas pontes de palavras,

Por cima de arco-íris multicolores,

Entre falsos céus e falsas terras,

Vagueando, pairando por aí…

Apenas louco! Apenas poeta!

 

Friedrich Nietzsche, Assim Falava Zaratustra.Tradução de Paulo Osório de Castro.Lisboa: Relógio D’Água Editores. 1998.