Categoria: António Feijó

Crepúsculo. António Feijó

sunset_FotoTiagoEstima

A luz do dia empalidece,
O Sol mergulha no ocidente!
– Momento amargo para quem padece
E busca alivio ao coração doente!
Penas de amor são um tormento,
Mágoas somente o amor encerra,,,
– Um grande amor e um grande sofrimento
Vão sempre de mãos dadas pela terra!
Mas já de mil milhões de estrelas
O céu de Deus todo se abrasa…
– Vou esconder a mais brilhante delas
E edificar sobre ela a minha casa!

António Feijó