Categoria: João Pedro Mésseder

Delfos (II). João Pedro Mésseder

A arte
da memória
se compõe

do canto
obstinado
das cigarras

do prumo
branco
das colinas

do fruto
ainda verde
do cipreste

De um Caderno Grego, Edições Plenilúnio, Porto, 2003.

Anúncios

Delfos (II). João Pedro Mésseder

delfos

A arte
da memória
se compõe

do canto
obstinado
das cigarras

do prumo
branco
das colinas

do fruto
ainda verde
do cipreste

João Pedro Mésseder
De um Caderno Grego, 2003.

O livro. João Pedro Mésseder

reading in a clock

Era um sonho?

Eram lobos, grilos, corvos,

tartarugas, raposões,

bichas de sete cabeças,

unicórnios e dragões,

dromedários e chacais

e outros bichos que tais.

Eram fadas, bruxas, príncipes,

ogres, fantasmas, meninos,

labirintos e palácios,

minas, grutas e florestas.

Eram ilhas e desertos,

cidades do faroeste,

gelos eternos e selvas

e pirâmides do Egipto.

Mas também havia escolas,

casas ricas, bairros pobres,

esquadras, polícias, ladrões

e gente de muitas nações.

Viajei em aviões,

navios e foguetões,

em botas de sete léguas

e tapetes voadores.

Naveguei em caravelas,

desenterrei um tesouro,

naufraguei nos mares do sul,

vi escravos agrilhoados,

lutei com piratas,

vilões entre pragas, maldições.

Vi o Pinóquio e a Alice,

o Polegarzinho, o Ulisses,

o Simbad e o Ali Babá,

Cinderela, Peter Pan,

Iracema e Iratan,

o lindo Palhaço Verde,

a gorda Dona Redonda,

e a fina Salta-Pocinhas.

Vi a Emília e o Visconde,

Dona Benta, Narizinho,

Capuchinho e a avozinha,

o Tom Sawyer, o Jim Hawkins e a muleta de John Silver

Quando o sonho terminou

e as pálpebras abri,

tinha ao meu lado uma estante

com todos os livros que li.

 

João Pedro Mésseder

 

Relógio. João Pedro Mésseder

AstrologicalClock_Praga

 

Pronuncia a palavra como quem
lentamente
a desmontasse
– cada sílaba
um segundo

Ela nomeia
o pequeno maquinismo
do tempo divisível

onde um rosto invisível
te contempla
a cada sílaba

Até chegar a hora
em que te cansas
de ver
de ouvir
e de falar

João Pedro Mésseder

Ordem Alfabética, 2000