Sinais. Alice Queiroz

IMG_7872.JPG

Assim corria o tempo
Nem sol nem chuva
Bucólico pardacento
Porém ousado ele apareceu
Vestindo roupagem festiva
Desafiou o tempo e a vida
E no maior deslumbramento 
Coloriu de luz o firmamento
Quero mesmo acreditar
Que nos fitamos longamente 
Alma na alma íris com íris
No mais profundo do olhar
Depois com perplexidade
Dei conta que ele estava lá 
Mas só pela metade
Nunca tinha visto nada assim
Um arco-íris mutilado
Que deixou algures metade dos vitrais
Ali especado a olhar para mim
Ah como a vida nos mostra os sinais
Estou tal qual o arco-íris na realidade
E ele Amigo veio apenas lembrar-me
Que terei de lutar pela outra metade
Alice Queiroz
[foto entrada Portas do Sol, Santarém]
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s